desapegar de livros

Desapegar de Livros. É possível?

Desapegar de livros é sempre um tema polêmico. Há pouco mais de um ano, mudei meus hábitos de leitura. Troquei os livros físicos pelos digitais do Kindle, para ser mais exata. Foi um dos melhores hábitos que criei na minha vida. E cito o porquê:

  • Muito mais leve – Gosto de ler durante os trajetos dos lugares que vou (dentro do trêm, metrô, ônibus, táxi,  uber…) o que me permite não carregar mais peso.
  • A leitura no formato digital é tão confortável quanto a leitura no papel – A tela dos leitores digitais são foscas, lembrando um papel mesmo sabe? E isso facilita a leitura. É totalmente diferente do que ler em celular e tablets.
  • Posso andar com vários livros ao mesmo tempo – Isso é ótimo para uma viagem em que você leva alguns livros para ler, sem acrescentar peso à sua bagagem e com isso, evitar pagar a mais ou deixar de levar algum livro que queira.
  • Os e-books, como são chamados os livros digitais, são em geral mais baratos que os livros físicos.

 

Bem esses foram os motivos que me motivaram a trocar o tipo de livro. Daí você pode pensar, o que você fez com os livros  físicos que tinha?

Alguns desapeguei, simples assim, sem dor na alma. E por que desapeguei? Doei por um bem maior. Explico:

Uma amiga, que é professora do município, desenvoveu um projeto na escola que trabalha. O projeto é chamado Sala de Leitura, onde ela conseguiu doação de livros de várias pessoas e montou uma mini biblioteca de leitura. Isso possibilitou o acesso à leitura para crianças e adolescentes que não tinham condições de comprar. É ou não um ótimo motivo para desapegar?

 

Dificilmente lemos um livro mais de uma vez, salvo quando amamos tanto o livro que retomamos a leitura. Mas isso em geral não é o que acontece. Então pra que manter um livro parado na sua estante, podendo ele estar seguindo um fluxo super positivo.

 

Os livros relacionados ao tema de organização, mantive os físicos. Ainda hoje, compro em meio físico. Pelo simples fato de estarem relacionados ao trabalho e para mim é importante como fonte de consulta e pesquisa. Muitos deles são ilustrados e coloridos, o que não é possível em um e-book. Fora que gosto de fazer anotações e marcações neles.

 

Eu também tinha alguns livros relacionados à engenharia duplicados pois meu marido assim como eu, é engenheiro mecânico e quando fazíamos faculdade éramos solteiros, qual o resultado após o casamento? Livros duplicados no mesmo espaço. Para esses livros, fiz anúncios de venda no site Estante Virtual, que é uma espécie de sebo online. Os demais assim como os de organização, mantenho físicos pois são de consulta e pesquisa para meu marido e eu.

 

Podemos concluir que é possivel sim, desapegar de livros. Basta encontrar o seu motivo.

 

Os meus motivos para desapegar dos livros foram diversos:

Passar a ter mais espaço em casa e manter o escritório mais clean, com isso achar mais facilmente os livros que preciso.

Participar de um projeto social que me deixou bem feliz com o resultado.

Ganhar uma grana para comprar algo mais necessário com a venda dos livros de engenharia.

Adquirir um método novo de leitura, que me deixa bem mais disposta a ler e acabar lendo mais do que antes.

 

E aí vamos praticar o desapego? Encontre seu motivo para desapegar. Depois me conte como foi o processo e seus motivos. Vou amar saber.

Beijos e até breve.